[REVIEW] Desafie sua criatividade com SUPER MARIO MAKER

Quando a Nintendo anunciou Super Mario Maker durante a E3 2014, o projeto ainda não possuía o ‘Super’ no nome, mas já tinha sua identidade muito bem definida. Desde o começo sabíamos que seria um jogo para criar fases de Super Mario, algo que, logo de inicio, despertou o interesse de muitos fãs, afinal era a realização de um sonho, poder ser o criador de seu próprio universo nas aventuras do bigodudo mais famoso do mundo dos games. Controlar cenários, inimigos, e fazer suas fases da forma que bem entender. O que nós não sabíamos era quanto cuidado seria colocado em cada detalhe do desenvolvimento do jogo, e que ele seria o fan service definitivo, indispensável para qualquer fã da Nintendo, e principalmente da série Super Mario.

Tá, é mentira, nós sabíamos sim que existiria muito cuidado na produção do jogo, isso é uma das marcas da Nintendo, mas acredite, Super Mario Maker é um jogo capaz de surpreender até os mais incrédulos.

SEJA UM MARIO MAKER

Quem nunca, certo? É difícil acompanhar o desenvolvimento de uma série de jogos durante o desenrolar de vários anos sem pensar sequer uma vez em como seria se fosse você que tivesse desenvolvido aquele jogo. Quem nunca quis trocar uma dungeon de lugar em um Zelda, mudar a aparência ou a localização de um chefe em Metroid, e nunca pensou em posições novas para os blocos e plataformas de tantos jogos da série Super Mario?

Super Mario Maker coloca o jogador em posição de criador. E disponibiliza uma série de ferramentas das mais variadas para a criação de suas próprias fases. Você pode ou não ter um vasto conhecimento dos level designs do jogo, o que vai valer aqui é sua criatividade e capacidade de criar uma fase concisa, com começo, meio e fim. Mas se coerência não é o seu forte, você vai ter que, pelo menos, conseguir terminar sua própria fase, antes de publicá-la online, porque seria bem injusto encher o servidor com fases impossíveis de serem finalizadas. Apesar de algumas delas parecerem bem impossíveis e te fazer questionar por diversas vezes como diabos o criador daquele nível conseguiu terminá-la para que ela pudesse ser publicada.

As ferramentas de criação vão sendo adicionadas à medida que você joga, e se você não souber alguns truques para desbloqueá-las, terá que esperar o curso de nove dias, que é o tempo que demora para chegar todo o carregamento de itens, um pouco a cada dia. Mas existe um truque para liberar tudo no mesmo dia.

[DICA] Durante a fase final de desenvolvimento, a Nintendo revelou que seriam necessários 09 dias para se conseguir todos os itens de construção de Super Mario Maker, que a cada cinco minutos de gameplay em um dia, liberaria uma leva de itens no dia seguinte. Alguns dias antes do lançamento, porém, ela lançou um update para o jogo que eliminava a necessidade dos nove dias, mas essa ação não é automática, se você não souber o que fazer, só terá o conteúdo liberado nos 09 dias programados, e é isso que vamos ensinar hoje, como conseguir todos os itens no primeiro dia.

Após cinco minutos de gameplay, o jogo avisa que um novo carregamento está a caminho e deverá chegar no dia seguinte. Para pular esta etapa, o procedimento é bem simples: Você deve jogar pelo menos 15 minutos com o set de itens que você já tem, construindo fases, e colocar o máximo de elementos possíveis em uma fase. Encha ela de inimigos, blocos, moedas, paredes, cogumelos, e tudo mais que estiver disponível. Muito mesmo, muito material. Então você receberá um aviso de que seu carregamento chegou adiantado, liberando instantaneamente os novos itens. Repita o procedimento até ter o set completo de construção, e boa diversão.

Além das ferramentas clássicas da série, ainda existem algumas de som, que adicionam efeitos sonoros divertidos (e outros bem estranhos e irritantes) ao gameplay.

Existe ainda uma variedade enorme de ferramentas que não estão no jogo, mas também existe a possibilidade de que elas sejam adicionadas em atualizações futuras, caso a Nintendo tenha planos de dar suporte a longo prazo para o game, assim como ela faz com Mario Kart 8, Hyrule Warriors e Splatoon. Então talvez Super Mario Maker ainda não esteja com seu potencial no máximo, mas já sabe ser um jogo completo e com possibilidades infinitas com o que já foi inserido até agora.

Para salvar suas criações, você terá disponível um CourseBot, um hub world de fases, que permite organizá-las em “mundos”. São 30 mundos com disponibilidade para quatro fases cada. Ou seja, você pode criar MUITO. Mas sua disponibilidade para disponibilizar fases online é limitada em 10, e vai aumentando à medida que você ganha estrelas dos outros usuários, e você vai precisar de uma quantidade considerável de estrelas para ir aumentando sua capacidade de upload, portanto, seja criativo em suas fases, para ganhar muitas estrelinhas.

SEJA UM MARIO PLAYER

O jogo não consiste apenas em criar, mas ele também é focado em jogar tudo o que foi criado. Então ele é recomendado inclusive para quem dispõe de pouca criatividade.

Existem dois modos de jogo:

10 Mario Challenge: que consiste em terminar um circuito de oito fases com 10 vidas. Estas fases foram criadas por desenvolvedores do jogo, e ficarão salvas no seu CourseBot (o slot alternativo de onde você salva suas fases). Jogue este modo várias vezes e receba prêmios especiais in-game. Você pode rejogá-las a qualquer momento, uma vez que são liberadas.

100 Mario Challenge: que consiste em passar pelo mesmo curso de oito fases, mas jogando fases criadas pelos usuários do jogo, que foram postadas no servidor da Nintendo. Este modo possui três níveis de dificuldade: o easy, com oito fases; normal, com 16 fases; e expert, também com 16 fases. O maior problema deste modo está na falta de balanço entre os modos. Enquanto o easy e o normal oferecem fases que não variam entre si em dificuldade, sendo praticamente dois modos fáceis, o expert é repleto de fases extremamente difíceis. Nenhuma é impossível de passar, mas a diferença para os outros modos é gritante demais. O servidor já possui dezenas de milhões de fases, mas se foi determinado que serão três modos de dificuldade, um pouco de balanço entre eles seria benéfico, e poderia preparar melhor o jogador para o que está por vir à medida que a dificuldade aumenta.

Além, claro, de você poder acessar o servidor de fases a qualquer momento e jogar fases dos usuários de forma randômica, ou buscar por uma fase específica de um amigo através de um código que é gerado para cada uma delas. Você poderá também seguir seus amigos e ver novos uploads que eles fizeram.

SEJA MARIO… YOSHI… LINK… E ATÉ SONIC

O jogo tem suporte a todos os amiibo já lançados, fazendo com que os mesmos liberem skins especiais para Mario, que possuem trilha sonora própria e agem de acordo com o personagem que estão representando. E o jogo também possui dois amiibo especiais comemorativos dos 30 anos de Mario, que deixam o personagem gigante e adiciona adoráveis bigodes em todos os inimigos, quando está em atividade. Os amiibo só funcionam no modo Super Mario Bros.

Todas as skins podem ser liberadas através de ações in-game, até porque existem skins que não correspondem a nenhum amiibo, como uma Wii Balance Board, um Goomba, e muitos outros. Portanto, se você não aderiu à nova moda da Nintendo, você poderá ter a mesma experiência que todos os outros jogadores. Uma skin é liberada cada vez que você termina o 100 Mario Challenge.

TEM PRA TODOS OS GOSTOS

A paleta de criação oferece uma quantidade enorme de elementos, mas o principal deles é poder escolher qual estilo de jogo irá aplicar em sua fase. As opções são Super Mario Bros., Super Mario Bros. 3, Super Mario World e New Super Mario Bros. U. Além de poder definir o background, entre os elementos mais conhecidos da série. O tradicional (com montanhas), mar, castelo, airship, casa fantasma, underground.

A paleta de construção não é completa, e nos fez acreditar que a Nintendo iria adicionar novos elementos com o tempo. Afinal de contas, porque a versão New se chamaria “New Super Mario Bros. U” se nem colocaram o poder que foi apresentado nessa versão, a roupinha de esquilo? Agora a Nintendo finalmente anunciou o primeiro pacote de atualização do jogo, que inclui (entre outros recursos muito legais) os tão aguardados checkpoints, que poderá tornar a vida do jogador bem mais fácil, principalmente no modo Expert do 100 Mario Challenge. Mas é claro que ficaremos dependentes das pessoas quererem ou não utilizar o recurso em suas fases.

Novas atualizações devem acontecer nos próximos meses, com mais itens, mais recursos, coisas que conhecemos dos jogos Mario e que ainda não estão na paleta de construção. Imagina só poder, por exemplo, colocar o Nabbit em uma fase e poder persegui-lo.

E se você quiser desistir daquela fase, durante o 100 Mario Challenge, você pode segurar o botão – ou simplesmente passar o dedo no GamePad, e o jogo te colocará em uma fase nova, caso você não queria passar novamente aquela fase [quando já estiver cansado de morrer].

Nós gostamos de acreditar que, entre as possíveis atualizações do jogo, podem estar skins dos amiibo nos outros modos de jogo. Mario 3, Mario World e Mario U. Mas caso não aconteça, já é adorável o suficiente vê-los no modo Mario Bros.

ENTÃO…

Super Mario Maker é um jogo que permite possibilidades infinitas, e a criatividade de alguns usuários deixa tudo ainda mais divertido. Existem recriações de estágios de outras séries, como Metroid, Pac-Man e Donkey Kong Country, estágios da própria série de forma inédita e inesperada, e fases de jogos 3D de Mario, refeitas com as ferramentas 2D. Sem contar as fases automáticas e musicais, que viraram uma febre.

É um fan service de primeira qualidade, mas que pode se tornar cansativo rapidamente, caso a Nintendo não ofereça um suporte a longo prazo para o jogo. Mas com o que já foi apresentado, fornece aos jogadores horas e horas de muita criação, e muitas outras horas de experimentação, com as fases de outros usuários, que podem inclusive servir como inspiração para criações de sua autoria.

Se você é fã de Mario, e principalmente se você é fã de Mario desde a época 8-bit (independente se você o acompanha desde lá, ou se ainda não era nascido e resolveu experimentar todos eles no Virtual Console), Super Mario Maker é um jogo indispensável, que proporciona diversão e nostalgia ao mesmo tempo, e apesar de não parecer a melhor forma de comemorar os 30 anos de um personagem tão icônico, soube representar bem a essência da série que, durante todos esses anos, serviu como base para toda a indústria de games.

Jornalista.
Hylian.
Mas talvez seja um Kokiri.
…ou um Korok.